Chuva bate forte no parabrisa do meu caminhão
Chega a madrugada estou sozinho só solidão
A cada curva que faço olho no retrovisor
E vejo a saudade que maltrata meu coração

Saudade vem, saudade vai
Saudade vai, saudade vem
E eu aqui sozinho na madrugada
Cortando estrada

Saudade vem, saudade vai
Saudade vai, saudade vem
Não vejo a hora de chegar em casa
Abraçar meus filhos e a minha amada

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts