Vai ser só mais um dia, só mais uma vez
Você falou pra mim, que vai ser de vez
Pois tu nem vez, não vou ficar assim

Se apareço meia noite no salão,
Sem ser convidada é minha condição
Tu como sempre rodeada de garinas, com
Os teus amigos já bem altos de bebida
Tropeço me esqueço, adormeço

É minha culpa, não

É culpa da razão
Desse calor, o meu coração
Que desilusão não aguentou
Foi o que se passou

Como sempre estou errada, como nada
Faz sentido quando digo que tu, e os teus
Amigos, habituada a ficar sempre conformada
E tu por aí, nos teus caminhos
É minha culpa, não...

É culpa da razão
Desse calor, e o meu coração
Que desilusão não aguentou
Foi o que se passou

É minha culpa, não...

É culpa da razão
Desse calor, e o meu coração
Que desilusão não aguentou
Foi o que se passou

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts