Sou nordestino, sou caboclo forte
Prático esporte e
Comigo a parada é dura

Eu fui criado com leite de cabra
Eu já comi buchada e também rapadura
Na hora h sou pau de toda obra
E na hora do sexo ninguém me segura,

Só como carne de primeira não como besteira e detesto gordura
Se for mulher, eu não perdoo nada
Eu agrado todas e não tenho frescura
Sou quarentão com chaxis de vinte
Nada me abala eu tenho estrutura

Eu sou um cara atraente,
Confesso que tem gente que não tem postura
Mas para um perfil nordestino confesso queme acho uma escultura

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir