exibições 6.229

Menor Abandonado

Noite Ilustrada


Não despreze o menor abandonado
Que quase desesperado está batendo em seu portão
É o retrato da necessidade
Pedindo à sociedade um simples pedaço de pão

Filho, talvez, de um casal desajustado
Por isso não é culpado da cruel situação
Mostre para ele o bom caminho
Dê escola e carinho e verás um cidadão
Porque com cassetete não tem jeito
Ele será um mata sete ou um madame satã

Não se deve maltratar uma criança
Ela vive a esperança de um promissor amanhã
Não despreze o menor abandonado
Que quase desesperado está batendo em seu portão
É o retrato da necessidade
Pedindo à sociedade um simples pedaço de pão

Filho, talvez, de um casal desajustado
Por isso não é culpado da cruel situação
Mostre para ele o bom caminho
Dê escola e carinho e verás um cidadão
Porque com cassetete não tem jeito
Ele será um mata sete ou um madame satã
Não se deve maltratar uma criança
Ela vive a esperança de um promissor amanhã

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir