Na sua sensualidade, eu tento refletir, noite brisada
Fria, chuva tensa, sem você aqui.
É sempre assim, quando escurece a saudade é maior
Da neblina ao amanhecer ou no calor do sol.
Tô me sentindo só, com você quero acorda
O vazio é bem maior ninguém preencher o seu lugar.
Vamos juntos se amar, o seu jeitinho me encanta
Sabe que eu não resisto o seu estilo excitante
É muito aconchegante fala aqui no meu ouvido
Seu cheiro de jasmim, seu corpo afrodisíaco

Me chama de marido rola pra lá e pra cá
A cor dos seus olhos brilha como a luz do mar.
Não paro de lembrar nossos momentos não esqueço
Minha mão deslizando na sua pelo de pêssego.
Assim eu enlouqueço, sei que tu me deseja, chega
A respirar fundo quando me pucha e me beija.
Morango ou cereja?! Eu fico sufocado, encosto
No seu corpo coração acelerado.
Me chama de safado, diz que as outra é escrota
Grita que eu não presto fala que eu tô com as outras

Que eu sou vida loka e curto até o amanhecer
Mas no meio disso tudo não consegue me esquecer.
Tanto tempo sem tiver, não sei “colé” dessa vontade
Na hora de dormi vish...! É a pior parte.
Nos meus pesadelos roteiro não foi igual
Mas no meu sonho bom você é atriz principal
Mesmo se não for real garotona pode pah!
Fala que me ama, que eu gosto de escutar

Ninguém vai acredita esse não é o alex não
Que escreveu e fez a letra, do “clube do putão”.
De novo em contradição
Pensei nisso também, mas vou fazer
O que se eu tô gostando de alguém?!
Só que não valorizei a minha humilde cinderela
Só sobrou lamentações, queria dar um abraço nela.
Um rolé na favela, já, já eu chego ai
Não ia na casa dela, ela em ponto de explodir

O tal livro que eu não li, pra escrever versos bonitos
Não preciso estudar tanto pra mostrar o que eu sinto.
No momento eu sinto isso, não acredita?!
Tenha calma! Meu coração não é de pedra, tô sentindo sua falta.
Um sonho louco da hora, só nos dois mó doideira
Com pétalas de rosa e água morna na banheira.
Você queira ou não queira toma a mesma decisão
Peço olhando só seus olhos não consegue dizer não
Sentiu?! A pulsação dos meus carinhos senti sede
Puxo no seu cabelo você sobe nas paredes
Pertinho de me se deita é lindo ver você dormir
Sua ausência me perturba é triste sem você aqui

Pra que vou persistir?! Fugir não vou sair
Meu bem ligar pra mim, não vou tentar fingir.
Pra você escrevi, não deu pra você vir
Aqui tá tão ruim, princesa sem você aqui.
Diz que não tá afim, que não quer se iludir
Amor não fala assim, machuca seu “neguim”.
Precisando de ti, vem comigo fugir
Se esconder por ai tá foda sem você aqui.
Quem vai substituir com outra vai ser diferente
Com ela eu me arrepio, beijo delicadamente.
Sua boca caliente, é quente eu não resisto
Põe aquele lingerie que me deixa enlouquecido

Mesmo time, mesmo extinto, regatiana que trinca
Com a blusinha da garra você vai ficar mais linda.
Mais linda do que já é, nós se amando a noite toda
Olha pra mim diz que quer, assim o lekinho endoida.
Sei que não vai dar outra, tu na minha eu na tua
Vamos fugir arrumar um cantinho por traz da lua.
Em hipótese alguma era pra eu ter dado um tempo
Mas surgiram rumores de desentendimento.
Incidento eu só lamento, aqui com ela quem me dera
Com seu jeito reservado, vulnerável e sincera

Me espera eu vou voltar, minha paciência é pouca
Na sua passividade vai renascer nossas forças.
Você é merecedora da letra do nsc, não precisa falar
O nome você sabe que é pra você.
Minha deusa esqueci, sem ela me sinto sozinho, que louca!
Pegada da louca e sua maneira gentil.
Se hospedar nos seus carinhos, saborear
Sem falsidade, dividir, retribuir, privar a sua intimidade.
Se sou rei, sua majestade, você é minha rainha alteza
Se eu fizer papel de príncipe, você faz o de princesa

Senti o ar da natureza, vem comigo respirar
Se tu se perde na floresta eu me imponho a te encontrar.
Não vou parar de sonhar, desvendar os seus mistérios
Longe foi que eu notei olha só! Que é você que eu quero.
Tenho que te encontrar rápido, em meio esse escuro
Em ambos os lados têm um sentimento puro.
Seria um absurdo só falar as coisas boas, primeiro
Cuida se apaixona e depois magoa.
Sei que você me completa, nosso momento é assim
Quando penso em você não posso deixar de sorrir

É sempre assim, volta pra mim, depois me larga vai embora
Mas você surpreendeu, permanece na minha memória.
Vem pra mim pow! Não enrolar, pow me inspira me beija
Que realmente eu sou, sou o que você deseja
Nega onde quer que esteja me ajuda a amadurecer
Nas minha digitais já têm um pouco de você.
Não queria te perde só nos dois no nosso ninho
Você têm a forma exata que preenche o meu vazio.
Se o orgulho destruiu esse é sentimento é bandido
Pelo seu te machuquei, confesso tô arrependido

Poder do seu sorriso não era pra tá distante
Você é como uma pista de skate alucinante.
O tempo feio tá radiante, trovão chuva vai cair
Mas uma daquelas noites fria sem você aqui
Pra que vou persistir?! Fugir não vou sair
Meu bem ligar pra mim, não vou tentar fingir
Pra você escrevi, não deu pra você vir
Aqui tá tão ruim, princesa sem você aqui
Diz que não tá afim, que não quer se iludir
Amor não fala assim, machuca seu “neguim”.
Precisando de ti, vem comigo fugir
Se esconder por ai tá foda sem você aqui

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir