Pés descalço
Caminham no solo rachado
Mãos empunham
Enchadas como suas armas
O sol castiga
A pele parda cansada
A esperança
É só o que lhes resta
Sem destino
A vida segue em frente
Em um quadro
De miséria absoluta

Escassez
Sofrimento
Abandono
Omissão

Esquecidos
Pelo estado
Condenados
Ao descaso

A esperança
Se esvai
Em cada gota
De suor

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts