exibições 16.698
Foto do artista Nuno da Câmara Pereira

Eu tive um cavalo ruço
Que se chamava gingão
De uma capona bravia
Que eu queria, sentia
Como um bom irmão

Era o cavalo mais lindo
Que nasceu no ribatejo
E eu nunca tive outro assim
Tão manso que enfim
Ainda o desejo

Saltava que era um primor
Tudo fazia com graça
Era bom a tourear
A derribar sem vacilar
No campo ou na praça

Corria lebres com gosto
E nenhum galgo o passava
Quando o viam correr
com prazer sem sofrer
A todos pasmava

A brincar lá na lezíria
O íam admirar
Ainda parece que o vejo
À beira do Tejo
A correr a saltar

Foi um touro que o matou
Num dia de infelicidade
E eu nunca mais montei
Nem sei se o farei
Tal é a saudade

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Frederico Valerio / José Vidal · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Francisco
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.