Num belo dia, ela resolve me expulsar
Da sua vida e ainda duvida do que faz
Diz que vai se desprender, mas se condena por dizer.

À uma mentira, que é incapaz de confessar
À um pesadelo, onde não tem como acordar
Se desculpa ao me culpar, mas nunca assume e é mesmo sempre assim.

Agora eu vou partir pra festa
Agora sua presença é que insiste em me infestar
E a cada gole, a cada copo eu me aproximo mais de me afastar.

Se tudo der errado, aconteça o que acontecer
Não há nada a perder, esse é o fim da linha!
Aconteça o que acontecer, até a meia noite
Quando o seu conto de fadas se acabar
Quando desse encanto trágico eu desencantar
Seu príncipe encantado voltar pra festa, esse é o fim da linha!

Que ironia, ela me insulta até surtar
E ainda por cima, quer que eu pare pra escutar
E eu não tive o que dizer, eu não tive o que fazer.

Era pra sempre, era e nunca mais será
Nada é pra sempre, tudo um dia irá acabar
Toda história tem seu fim, nem todo final é feliz.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir