Bolero do Elite

Oswaldo Montenegro

exibições 1.567

Pra lá do bar daquele dia
Onde eu só fui pronto a filosofar
Ela chegou, bebeu seu gim sem pressa
Como só cabe a quem já cansou de esperar
De longe olhei cheio de ânsia
Naquela urgência de me aproximar
Dizer aquilo que mais tivesse efeito

Ouvir aquilo que era pra eu falar
Por azar ou por sorte havia um cigarro
Eu tinha fogo e lhe ofereci
Há quanto tempo, cê tá sumida
Você que pensa, bobo, eu já morri
Blue da bailarina (oswaldo montenegro)

Ela dançava um blue
Na praça domingo devagar
Como se a vida ficasse esperando
O acorde do blue pra passar
São males que quase nos unem
Mas há quem nasceu pra dançar
Enfrentando medo
Que nunca é cedo
E a vida não pode esperar

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir