Chove, Não Molha

Oswaldo Montenegro

exibições 4.177

Chove não molha esse forró tá começando
Chove não molha eu sei por onde começar
Chove não molha esse forró tá precisando
Bater pé bater zabumba que é pro povo acompanhar
E se a vida fosse mole pobre já nascia morto
Rico já nascia bobo moça já vinha mulher
Motorista tinha troco e pra quem achasse pouco
Carne já vinha sem osso embrulhada em papel
E se a vida fosse mole cada um entenderia
Que essa tal filosofia não é mérito nenhum
Amizade verdadeira não teria molecagem
E acabava esse negócio de um todos e um por um
Chove não molha esse forró tá começando
Chove não molha eu sei por onde começar
Chove não molha esse forró tá precisando
Bater pé bater zabumba que é pro povo acompanhar

E se a vida fosse mole tartaruga andava a jato
'Inda teria muito mato em São Paulo, meu amor
O azul de Amaralina em tudo quanto era piscina
Mas o dono da piscina, isso eu mudava seu doutor
E se a vida fosse mole cada um entenderia
Que a verdade não foi feita pra se monopolizar
A sonata do Beethoven tava no Globo de Ouro
Disputando nas paradas da canção mais popular
Chove não molha esse forró tá começando
Chove não molha eu sei por onde começar
Chove não molha esse forró tá precisando
Bater pé bater zabumba que é pro povo acompanhar

Chove não molha esse forró tá terminando
Chove não molha eu sei por onde terminar
Chove não molha esse forró tá precisando
Bater pé bater zabumba que é pro povo acompanhar

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir