No meio de tanta gente
Não te posso dizer
Que os teus dias são os meus dias
Não me dou nem te dás a conhecer

Trocam olhares e palavras
Recebem a noite a dançar
Riem, bebem e gritam
E a música não quer parar

Sentam-se á mesa os cúmplices
Seguros de tudo o que são
Tudo o que sinto é um vazio
Eu espero e tu nunca mais vens

Todos têm seus nomes
E sei dizê-los de cor
Vestem vicios e mentiras
Já vivi noites melhores

No meio de tanta gente
Não te posso mostrar
Que por não estares presente
Não quero mais ficar,

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts