Vagueio pelas ruas da Marginal
é tanto vento que se fazsentir
So a geada vou
Sem destino para onde ir
Será que namoro a lua?
Ou quem sabe o mar

Indo em frente em pensamento
Procurando divagar
Ela só vem ao de cima
Quando chega o pôr-do-sol
Para me dar o carinho
Ou para falar de amor

Conta-me viagens no mar
Daquilo que nunca vi
Recordo a infância
E quem nunca esqueci

Volto sempre dia após dia
Há mesma hora, ao mesmo lugar
Será que namoro a lua?
Ou quem sabe o mar

Olho ascores do céu
Com estrelas a brilhar
O que é feito da sereia
Mais nao me voltou a acenar

Refrão:

Nunca lhe fiz nenhum mal
E também nunca a esqueci
Os dias foram passando
Até que me apercebi
Ela já nao me fala
Desconfio que me odeia
Descobri afinal
Que ela tem Ciúmes da Lua Cheia

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts