Ei dona eu tô num mato sem cachorro
Seu filho machucou meu coração
Eu fui me apaixonar pelo seu louro
E vim aqui pedir a sua mão

Ho ho ho ho (ho ho ho ho)

Ei dona o seu filhinho é tão mimado
A gente nunca sabe o que ele tem
Prometo tratar dele com cuidado
Talquinho na bundinha igual neném

Eu dou pra ele pão de mel
Pra ele voltar pros braços meus
Pois a senhora é a sogra
Que eu pedi a Deus

Dizem por aí que sogra e nora é sempre um drama
Mas a coisa não é bem assim
Quando eu me casar você cozinha eu faço a cama

Ei dona da seu filho pra mim
Ho ho ho ho (ho ho ho ho)
Ei dona

Ei dona eu sei fazer batata frita
E ninguém reclamou do meu café
Eu sei que você não me acredita
Mas faço até suéter de crochê

Ho ho ho ho (ho ho ho ho)

Ei dona você sabe da verdade
Seu filho escuta o que você lhe diz
Mas se tiver um pouco de vontade
Você vai me ajudar a ser feliz

Eu dou pra ele pão de mel
Pra ele voltar pros braços meus
Pois a senhora é a sogra
Que eu pedi a Deus

Dizem por aí que sogra e nora é sempre um drama
Mas a coisa não é bem assim
Quando eu me casar você cozinha eu faço a cama

Ei dona da seu filho pra mim (ho ho ho ho)

Ei dona da seu filho pra mim (ho ho ho ho)
Ei dona da seu filho pra mim (ho ho ho ho)
Ei dona da seu filho pra mim (ho ho ho ho)
Ei dona da seu filho pra mim (ho ho ho ho)
Ei dona da seu filho pra mim (ho ho ho ho)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts