Bate na madeira, não te quero não
Bate na madeira pra isolar meu coração
Bate na madeira, não te quero não
Bate na madeira pra isolar meu coração

O seu carrinho novo não é seu, é do seu pai
Se ele não empresta o carro, a gente nunca sai
Você me convidou à luz de velas pra jantar
E a gente foi parar no botequim do Valdemar

Bate na madeira, não te quero não
Bate na madeira pra isolar meu coração
Bate na madeira, não te quero não
Bate na madeira pra isolar meu coração

Pegar um cineminha de repente é multo bom
Capricho o visual e uso meu melhor batom
Na hora que eu penso que você vai me beijar
Você só vê o filme e come doce sem parar

Pela letra A fui me apaixonar
E fui percorrendo cada nome até o X
Só me falta o Z, diz o que fazer
Que o meu coração tá precisando ser feliz

Tem o Zé
Mas ele é
Jacaré
Oh, não!

Bate na madeira, não te quero não
Bate na madeira pra isolar meu coração
Bate na madeira, não te quero não
Bate na madeira pra isolar meu coração

Você é metidinho e faz um tipo de machão
Contou que namorou gente de todo o quarteirão
Marcamos numa festa e sua mãe não deixou ir
A festa era de noite e você tinha que dormir

Seu carro é velho e sujo e sua roupa é sem passar
Seu bafo de cebola não consigo suportar
Eu gosto de cereja, chocolate e pão de mel
E você gosta de caldo de cana com pastel

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Michael Sullivan / Paulo Massadas · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Rafael, Legendado por Gabriel
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.