Eu, que muito ganhei
E tanto perdi
Desde a infância
E na dor aprendi
Que o tom ruim
Tem cor de esperança

Há sonhos que repousam sobre um chão de areia
E há outros que por fim
Navegam seu convés num mar de estrelas

Corri, fugi, me vi
Pular pela janela
Parei, me olhei, senti
Que a vida vale a pena
Nessa briga contra tudo, quem venceu
Foi ela

Há sonhos que repousam sobre um chão de areia
E há outros que por fim
Navegam seu convés num mar de estrelas

Corri, fugi, me vi
Pular pela janela
Parei, me olhei, senti
Que a vida vale a pena
Nessa briga contra tudo, quem venceu
Foi ela

Foi ela
Ouvi a vida me chamar

Corri, fugi, me vi
Pular pela janela
Parei, me olhei, senti
Que a vida vale a pena

Corri, fugi, me vi
Pular pela janela
Parei, me olhei, senti
Que a vida vale a pena
Nessa briga contra tudo, quem venceu
Foi ela

Eu, que pouco vivi
E tanto aprendi
Por ter esperança

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Paula Fernandes / Claudia Brant · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Geison
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.