exibições 270

Algum dia
Não sei quando será
Céu de estrelas
No Oriente um clarão se fará
No mesmo instante
Sol brilhante por aqui
Do horizonte
Ela vai surgir
Sobre a fronte do Cristo á
No mesmo instante
Sol brilhante por aqui
Do horizonte
Ela vai surgir
Sobre a fronte do Cristo Redentor
Aqui (ali) no Rio de Janeiro
A nave pousará
E numa estranha língua
(Estranhamente compreendida pelo mundo inteiro)
Se comunicará
A partir daquele instante, daquele exato momento
A vida será só dançar e cantar

Teguede deguede deguede deguede deguede deguede deguede deguede da pô
Tchubidapa tchubidapa tchuda pó pa pida papo

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog