Para os Loucos, Vida e Paz

Periodo Letivo


Eu não quero te prender nessa ilusão
Quando amanhecer vai ser só você
E mais ninguém
Pois foi assim que quis, e assim semeou
E entre aqueles grãos, nem sinal da melhor flor

Depois não colheu a paz e nunca mais foi feliz
Mas se era tudo que se quis, segue assim nessa solidão

No meio dessa escuridão, a radiante luz do amor
Dissipa as trevas num clarão, por todos ele se entregou
E quem quiser a vida achar, a cada dia se negar
Pra todos os enfermos o remédio eficaz
Loucura para os sábios
Para os loucos, vida e paz

Deixe seu orgulho, então vem com a gente celebrar
Pega logo o seu perdão e nada vai te aprisionar
E seja escravo desse amor
Por favor, encontre a paz
E larga a sua própria lei, viva o perdão do rei
O rei da paz

Mas no meio dessa escuridão, a radiante luz do amor
Dissipa as trevas num clarão, por todos ele se entregou
E quem quiser a vida achar, a cada dia se negar
Pra todos os enfermos o remédio eficaz
Loucura para os sábios
Para os loucos, vida e paz

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts