Um erro e já era, eles não te avisam
Por isso acelera e assimila a visão
Fiz cinco gols a cada cinco jogos
Nunca mais trate como outra divisão
Meus irmãos tão com o time no ataque
Empresários visionários negociam crack
Esse som é imprevisível como um piripaque
Essa aqui dispensa análise ou rima-destaque
Visceral nego, animal nego, surreal nego
Imortal nego, não é normal mermo
Solitário no pântano, de olho no caçador
Querem minha pele pra que o frio não lhes faça dor
Nem quero mais ser Chinaski, nem João Vitor
Mas a criatividade vem do conflito
Clareza nas ideias e eu não complico
Que morra Don Chinaski e que nasça Don Rico
Pródigos e cínicos, códigos e símbolos
Ancestralmente ricos, criminalmente místicos
Sou Aquiles com escudos no calcanhar
E essa aqui é eterna como a arte de guerrear
E eles não te viram no chão, não
Mas com certeza te viram no topo, do topo
E eles falam, falam, mas hoje não
Pra me ganhar cês fazem muito pouco
E eles não te viram no chão, não
Mas com certeza te viram no topo, do topo
E eles falam, falam, mas hoje não
Pra me ganhar tem que correr o dobro
Pra me ganhar tem que correr o dobro
Pra me ganhar tem que correr o dobro
Pra me ganhar tem que correr o dobro
Dobro, yeah

Querem o império pra ser imperialista
Não são reais, não são, nem são na pista
Não tem critério pra que o povo assista
Tão sem noção pra ter milhão de seguidor em Insta
Ontem era chão, hoje eu conheço a crista
Daqui de cima cês não entende a vista
Se o jogo é sério sou especialista
Não tem mistério, o ministério é sem ideia mista
O papo é reto e verdadeiro, se é falso não insista
Se tu faz só pelo dinheiro eu te botei na lista
Tá enlouquecido ou tá com medo, tromba um analista
Meu verso explode tipo bomba, sem ser terrorista
Meu pensamento e sentimento faz com que eu resista
Rap real, quero real, mas a real conquista
Não são só bens, eu quero clássicos, as mais sinistras
Emocionante pois com gestos querem posturistas
Acho que não sou desse plano, eu devo ser turista
No flow me pego viajando em letras futuristas
Em meio a tanta cena triste, que essa fé persista
Dobre as apostas e seus passos ou então desista

E eles não te viram no chão, não
Mas com certeza te viram no topo, do topo
E eles falam, falam, mas hoje não
Pra me ganhar cês fazem muito pouco
E eles não te viram no chão, não
Mas com certeza te viram no topo, do topo
E eles falam, falam, mas hoje não
Pra me ganhar tem que correr o dobro
Pra me ganhar tem que correr o dobro
Pra me ganhar tem que correr o dobro
Pra me ganhar tem que correr o dobro
Dobro, yeah

E o que eles fazem ainda é muito pouco
E o que eles falam ainda é muito pouco
E o que eles fazem ainda é muito pouco, pouco
Yeah

E o que eles fazem ainda é muito pouco
E o que eles falam ainda é muito pouco
E o que eles fazem ainda é muito pouco, pouco
Yeah

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Ducon / Diomedes Chinaski. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais posts