Já passaram muitos anos que andamos pela Terra
Soltaram muitas bombas, vivemos 2 guerras
Ogivas nucleares, tanques na cidade
O mundo teme e nega, o que o homem sempre gera
As igrejas são tão lindas e
O profeta chora mudo
Nas esquinas da rotina me deparo com absurdos
Assunto mundial, capa de jornal
Procuram lá em Marte, 'água mineral'
Projetos bilionários além do seu aval
Foda-se a ONU diz o mundo capital
Eu digo a real nesse mundo tão fatal
Onde os ricos se alimentam

Não leve a mal, não leve a mal

Nosso mundo é uma nave no sistema planetário
Satélites nos guiam na era de Aquário
Olhamos pro futuro e esquecemos de nós mesmos
Vivemos iludidos ao presente que tememos
A dor é como o fogo, que se alastra com a ira
O destino é incerto mas o tempo traz justiça
O sol se desfaz
Na ganância de um líder que o dinheiro fala mais
Em confrontos desiguais por motivos tão banais
Atos ilegais dos mais altos sociais

Não leve a mal, não leve a mal

Realidade crua e nua
Vista pelas ruas
Dando um role
Você vai perceber

Nas esquinas do futuro se vende quase tudo
Eu lhe pergunto o que tem pra oferecer
Eu trago idéias novas supostas sobre notas
Eu toco a sua mente num estado inconsciente

Realidade crua e nua
Vista pelas ruas
Dando um role
Você vai perceber

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Fernando C. C. Bucchi / Marcelo M. Dovalo / Mauricio A. Von Held / Pedro L. Bueno Jr. / Rodrigo F. Ramos · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Guilherme
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.