exibições 6.513

Faça o Bem

Pregador Luo


Faça o bem, faça o bem, faça o bem porque o mundo vai mal, muito muito mal

Eu já nem sei mais onde eu estou
O clima mudou e o ser humano deteriorou
Há mundo tão desigual, de um lado a fome total
Do outro esse carnaval
Branco odeia negro, negro odeia branco
Mas tem negro que odeia os próprios negros
A soma de todos os medos resulta no planeta água
No lugar onde a filha de Eva se acaba, lugar onde o filho de Adão odeia e mata
Só que o motor do planeta está entrando em pane, enriquece com petróleo e morre com tsunami
Os tempos são maus e pessoas são más
Crianças são cortadas ao meio com tiros de "HK"
Sinais são vistos, profetizou chora agora quem não acreditou, mas eu estou firme na rocha e sei pra onde vou!

O mundo não muda mas você pode mudar
Fortaleça sua luz e deixe ela brilhar

Faça o bem porque o mundo vai mal
Faça o bem porque o mundo vai mal, vai mal

Preciso de amor, preciso de carinho, vou pedir pra Deus por alguém no meu caminho
Que me dê sem querer nada mais que eu mesmo em troca, coisa preciosa é comunhão com os irmãos mas não cultivo a ilusão que alguns preferem, sei que não to vivendo no jardim do éden
Convivo por aqui com homens que fedem, fantásticos e ordinários, vermes mercenários
Abutres no poder nada mais que mafiosos, comem nossa carne e ainda bicam nossos ossos
Pegou tudo que quis, roubou tudo que pôde, é o bicho da maçã devora até o que já está podre
Cigarras preguiçosas não ajudam no plantio, gafanhoto egoísta devorou tudo o que viu, pegou tudo só pra ele, muqueou não repartiu, território de ninguém, pátria amada Brasil!

O mundo não muda mas você pode mudar
Fortaleça sua luz e deixe ela brilhar

Faça o bem porque o mundo vai mal
Faça o bem porque o mundo vai mal, vai mal

Veja só o que virou o paraíso que Deus criou
Na mão do ser humano o bagulho esfarelou
Morreu o sonho lindo da vida em harmonia
Contagem regressiva para o fim dos dias
Rico em mansões, pobres aos milhões em periferias
"Gambé" na viatura te olhando com raiva, ladrão fazendo plano para roubar outra casa
Crente de joelho orando, pedindo a graça, político caô vivendo de trapaça,
País do futebol sonhando com outra taça, sintetizando tudo, forma o fim do mundo
Povo surdo, não ouve a voz da razão
Povo cego, não vê a própria destruição
"Cala boca moleque, fica quieto e engole o choro", a mãe grita no sinal com o filho cheio de piolho, não vai ser com medicina a cura desse câncer,só com intervenção divina que vem de cima
O mundo roda mais uma hora, vai parar
Eu to contando os dias pro céu abrir, e Jesus Cristo voltar

Faça o bem porque o mundo vai mal
Faça o bem porque o mundo vai mal, vai mal

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir