Quem não tem cão caça com gato
Quem não tem pão rói o osso
Eu sou daqueles que prefere a carne do pescoço
A carne do pescoço, rói o osso, a carne do pescoço

Perdido em pensamentos
Em cada nota que surge
Me vem à mente melodias dissonantes
Eu vou beber os sons mais delirantes

Já que eu não posso mais sair
Vai ser o jeito ficar aqui
Tem gente armada pra lá do meu portão
Tem gente amada aqui no chão

Já que eu não posso mais sair
Vai ser o jeito ficar aqui
Tem gente armada pra lá do meu portão
Tem gente amada aqui no chão
Tem gente amada aqui no chão
Tem gente amada aqui no chão

Aqui no chão, ão, ão, ão, ão
Aqui no chão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir