Foto do artista Quartzo

Não Há Chuva Na Estrada

Quartzo


Sentado na poltrona do ônibus
Vejo as estrelas da noite
Na escuridão no vazio
É pena que não posso pegar somente uma
Mas sei que estou indo até você

Não há chuva na estrada
Não há gotas para contar
Não há chuva na estrada
Não gotas para escorrer... nesta noite

Lá fora o tempo passa tão depressa
Dentro de mim parece a eternidade
É tanta a distância
Que pode levar a vida inteira

Refrão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir