O meu lance é brigar, ver a porrada estancar já que eu não tenho nada pra fazer
Beber até vomitar, encher a cara, chapar, já que eu não tenho mulher pra comer
Me encher de stroll e de deca, ter q.i. de ameba, tenho burrice pra dar e vender
Esculachando as meninas, sempre perdendo a linha, ser escroto é o meu lazer

Refrão
Yeah, yeah, yeah yeah, o negócio é ser mané
Zé mané, zé mané, zé mané

O meu cérebro é músculo, não, não, ele é minúsculo, por isso eu não consigo entender
Que eu sou muito ridículo, vivo pagando mico, o meu negócio é aparecer
Eu odeio subúrbio, lá só tem pobre e imundo, nunca me esquento se eles vão sofrer
Dizem que sou lesadão, um imbecil, mongolzão e que eu tenho muito que aprender

Refrão

O meu negócio é dinheiro, posso comprar o mundo inteiro, tá pra nascer quem me diga "não"
Eu não sou muito normal e se alguém está mal, não tenho o mínimo de compaixão
Mulher é tudo igual, não vale nem r$1, só pensa em torra grana, pode crer!!!
Mas, eu sou tão infeliz, não tenho o que sempre quis, um grande amor e amigos pra valer

Refrão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts