exibições 9.698
Foto do artista Rap Box

Alma Na Mão

Rap Box


[TK]
Vem comigo amor encostar no céu
Hoje trouxe flores de papel e um pedaço do mar
Para que podemos mergulhar, cê tem gosto mel
Minha estrela do lar, se guarde nesse véu
Pede eu vou te encontrar
Oh oh oh
Acende a luz do Sol, olho igual um farol, bem bonito de ver
Voou alto igual um avião no café da manhã eu o menor e você
E se, eu perder a visão, sinto a voz da razão, ainda é fácil te achar
Vim bem mais eu, estou aqui, quero ficar
Sinto paz em sua casa, vejo Deus em nosso fruto
Não corte as nossas asas, se eu voar sem você fico maluco
Vem bem slow, me dê a mão, estamos sós, vamos fugir
Deus é o tom, brisa levar luzes pro breu, faróis em ti
Bem firmão minha carta é o som, alma na mão, por nós morri
Depressões eu já senti, já virei pó, por ti sorri
Já virei pó, por ti sorri

[San Joe]
A rosa mais linda brotou no meio do meu caos e me deu direção
Vida trocada entre o amor e o ódio, conjunto do medo abala o coração
Aventureira, malandra, ligeira, bandida, perversa
Sem ela não era pra ter acontecido o que aconteceu
Se não fosse tu, hoje não era eu
Fica à vontade, pode ficar nua
Que hoje a noite é sua, vou te dar prazer
Fuma do beck, se quiser tem bong
Liga o Netflix, depois é role
A vida é louca, você mais ainda
Domingo de Sol, é churrasco e piscina
Você de biquíni, elegante, tá chique
Do camelô minha bermuda da Quick

[San Joe e Geórgia]
Som no talo, eu vou curtir minha brisa
Virando a esquina vai ter baile de favela
Convoca suas amigas
Os parça é a mesma fita, se constar, fechou e já era

Som no talo, eu vou curtir minha brisa
Virando a esquina vai ter baile de favela
Convoca suas amigas
Os parça é a mesma fita, se constar, fechou e já era

[Knust]
Cê não precisa entender nada agora
Só ver o mundo por fora
Meu convite é nossa trajetória
Contigo eu embarco sem ter volta
No movimento ela se solta
Já perdeu a noção das horas
Toda noite ela me prova
Que em certos momentos o tempo não importa
Dona de si própria, foda-se as cópia
Ela é original até quando revolta
Bate a porta, idiota eu não sou
Quer o mundo? Eu te dou!
Foco: um futuro meu e seu
Dividir a vida, descobrir as dádivas
Diva dos pensamentos meus
Que siga sempre na mão de Deus
Ansiosa, otimista é a luz do breu
Eu me vejo em você muito além do olhar
Refletindo na alma, sem medo do adeus
Minha certeza é você, minha mente é um coliseu
Nossa história é um caso de museu
Vem ser no dia a dia só você e eu
Quem me dera uma inteira vida do seu lado
Nós dois vira três
Tudo que o amor prometeu
Tudo que o amor prometeu
Tudo que o amor prometeu
Tudo que o amor prometeu

[San Joe e Geórgia]
Som no talo, eu vou curtir minha brisa
Virando a esquina vai ter baile de favela
Convoca suas amigas
Os parça é a mesma fita, se constar, fechou e já era

Som no talo, eu vou curtir minha brisa
Virando a esquina vai ter baile de favela
Convoca suas amigas
Os parça é a mesma fita, se constar, fechou e já era

[Georgia]
O antigo é artigo de hoje
E o futuro é nada mais que agora há pouco
Muitos andam, mandam, nadam, castram
Mas é vertical o horizonte
É a vértice no versículo, é verdade veroz viral
É ver os vermes que também são Hérmes
Querubim versátil, verões, verbos, versos
Aversões vertidas, versões são histórias
Inerente às crias, escória da escola do rap
Na cápsula a clausura escura
Cura a surra, burra a cela
Ela mela a cena
Sussurra na minha orelha
O segredo do sagrado
É sagrado o segredo
Demais para ser relevado
Mãos com mãos amam-se
Ímãs, irmãos, irmãs, dancem
Há cem anos, mundo em chamas
É carnaval, então foda-se
Contesto com textos
O contexto é só cenário
Testo minha fé, é fato
Fartura de dicionário
Contesto com textos
O contexto é só cenário
Testo minha fé, é fato
Fartura de dicionário
Paladar apurado para dar pala
Lá pelas lápides de papéis
Os meus lápis foram na lata
Funk sucateio, virou inferno e era céu
Se tá happy ou sad? Cede mais um pouco
Vou matar minha sede tacando meu fogo
Rebola esse beck rebolando funk
Punk, metal, junk, batuque, blues, soul
I am de de de de boa
Varre voa flui flow que soa
Em qualquer lugar essa asa voa
É tronca na boca e trinca de Ás
I am de de de de boa
Troco também por truco
No blefe certeiro esse pren vira ice
I am de de de de boa

[PRS]
E essa mina que te zomba
É a que te quebra no zumba
Bunda que bate na nuca
Na cuca ela guarda o que tem de melhor
Não quer saber quanto custa
Compra tudo que ela gosta
Nunca viveu na tua sombra
E te assombra no meio da madruga
Quando cê tá só
Sente-se infinita
Vai me cozinhar as neuras, eita preulas
Curte flora, torra matos
Testa minha paciência, só de brincadeira
É de falar besteira
É de cair o queixo
Acha brecha do desfecho
E desfila de calcinha
Se aproxima
Finge que vai dar um beijo e não
Ela sabe ter noção
Ela tira a minha noção de tempo
Eu pesquisando sample
E ela chega 100% sem comportamento
Vira distração, atração
Eu tô dentro
Curte qualquer movimento
Contanto que não haja retração
Entre a intimidade e o sentimento
Deus, responda-me porque que
Quando ela sai de perto dá um aperto no peito
Logo eu que sou desapegado, me apeguei no teu jeito
Simples, simpática, hilária
Inteligente, mas tem sua marra
Descrevo nas linhas a causa e o efeito
Faço necessário
Teu feito te fez essa obra literária

[San Joe e Geórgia]
Som no talo, eu vou curtir minha brisa
Virando a esquina vai ter baile de favela
Convoca suas amigas
Os parça é a mesma fita, se constar, fechou e já era

Som no talo, eu vou curtir minha brisa
Virando a esquina vai ter baile de favela
Convoca suas amigas
Os parça é a mesma fita, se constar, fechou e já era

[Zeus]
Modelo de Vegas na party
Agências em seu telefone
Contato mais chave na busca
Luz que ofusca na mente de um homem
Tudo o que eu quero envolve seu nome
Talvez seja tarde pra voltar atrás
Quando cê chega o calor nos consome
No entanto a distância tortura minha paz
Cê me faz acreditar que amor não é apenas sentimento
E sim filosofia pura como lifestyle
Se são cegos pra enxergar nóis segue amando em braile
Se perdendo em cada drop, trip, dose e baile
Juro, se depender de mim todo conflito vale
Cada erro, cada desavença
No final essa conexão supera as incertezas
E o futuro é nosso, amor
Quem sabe a gente brinda à luz de velas
Longe da sequela que o mundão lá fora tem pra oferecer
Prometo vou fazer valer a pena
Sem pena de quem teve a intenção de fazer você sofrer

[San Joe e Geórgia]
Som no talo, eu vou curtir minha brisa
Virando a esquina vai ter baile de favela
Convoca suas amigas
Os parça é a mesma fita, se constar, fechou e já era

Som no talo, eu vou curtir minha brisa
Virando a esquina vai ter baile de favela
Convoca suas amigas
Os parça é a mesma fita, se constar, fechou e já era

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Geórgia / Knust / Prs / San Joe / TK / Zeus · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Julia
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.