Morte ao rei
E a todos os seus nobres
Feliz é a vitória
De quem tem união
A nossa liberdade
Foi difícil conseguir
Sujamos nossas mãos
Com o nobre sangue azul
Morte ao rei!!
Majestade
Meu senhor
Não há igualdade
Eu sou plebeu
Desobedeço
Cuspo nas leis
Sangue real
É igual ao meu
Morte ao rei
E a todos os seus nobres
Feliz é a vitória
De quem tem a união
Nossa liberdade
Foi difícil conseguir
Sujamos nossas mãos
Com o nobre sangue azul
Morte ao rei!!
Você foi julgado: culpado!
É a vontade do povo, pague com a morte
Os crimes que cometeu
Déspota!
Assassino!
Um tirano cruel e corrupto
Não deve viver!
A voz da vingança
Pela justiça cega
Ecoa outra vez
A turba insandecida
Festeja com alegria
A morte de um rei.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir