Faz tempo que eu não vejo nos teus olhos
O mesmo desejo de amar e de gostar
Eu não sei o motivo nem a razão
Deve existir uma outra paixão

Um coração que não sorri
Reflete na fosse da dor que o tempo não vai sucumbir
Não deixes brotar a tristeza em seu interior
Olha que a vida não para descarte a dor

Com quem é que à noite tu sonhas
Se te vejo risonha em teu adormecer
E ao despertar da ilusão

O desencanto, pranto
Se existe outro, diga adeus
Não sejas infeliz nos braços meus (faz tempo!)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Mauro Diniz / Ratinho. Essa informação está errada? Nos avise.
Revisões por 2 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais no Blog