Chego no quarto, mais uma semana
Minha cama fria de solteiro me chama
Meus pensamentos ligam os fatos de uma história de drama

Livre-me de mais um sonho de dor
Quando acordar, vou levantar e ver um programa de humor
Vou melhorar, que seja lá como for
Talvez eu saia e veja a praia, que bom

Que bom! Que bom!
Que bom! Que bom!
Que bom! Que bom!
Que bom! Que bom!
Que bom! Que bom!

Yow...

Os mesmos canais, os mesmos programas
E a mídia fala só um pedaço da história
E ao mesmo tempo encobrem tudo só por causa de grana

Não sei aonde a verdade se enquadra
Meus pensamentos, sentimentos, guerrilham
E os demagagos fazem a festa agora
Conspiracão faz um Brasil sem memória

Memória! Memória!
Memória! Memória!
Memória! Memória!
Memória! Memória!
Memória! Memória!

Yow...

O poder que te domina
E a cobiça, tua refém
São milhões que se convencem
Que o carrasco é do bem

Fica ligado e acredita
Quando tu vê umas menininhas
Que são fiéis às suas doutrinas
Sentando na boquinha da garrafa

Vão sujando nossa cultura
Perturbando nossa moral
Revolução e a inteligência
Que fortalecem a nossa competência

E o que vale é a nossa moral
De consciência muito bem tranqüila
E a todos eles que me julgaram e me traíram
Vão queimando no inferno da sua própria consciência!

Queima! Queima! Queima!
Queima no inferno da sua própria consciência!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir