Dawn Of Victory

Fire is raging on the battlefield
While Arwald is fighting
The war of the kings
The army of Dargor
The thunder, the storm
So people are calling
The brave and his sword
No time left to save the wise throne!

Shades of a past
Not so far to forget
The rise of the demons
From their bloody hell!
So come mighty warrior
To light the last hope
For Tharos the dragon
And your cosmic soul
Now handle your emerald sword!

For Ancelot
The ancient cross of war
For the holy town of gods
Gloria, gloria perpetua
In this Dawn of Victory

The ride of the dead
And their practice of pain
Is pounding in him
As a terrific quake
You're closer and closer
Now follow the smell
With your holy armor
And the steel in your hand
Fly angel of bloody revenge!

For Ancelot
The ancient cross of war
For the holy town of gods
Gloria, gloria perpetua
In this Dawn of Victory

Tragic and furious the clash
Of the steel of the gods
That so magic the power
The sword in his valorous hands
Oceans of fire are blasting
The throne of the demons
And from distant red skies
And thunders are calling his name
The name of the master of pain

For Ancelot
The ancient cross of war
For the holy town of gods
Gloria, gloria perpetua
In this Dawn of Victory

Gloria, gloria perpetua
In this Dawn of Victory!

Alvorecer da Vitória

O fogo está furioso no campo de batalha
Enquanto Arwald luta
Contra a guerra dos reis
O exército de Dargor
O trovão, a tempestade
Então o povo chama
O bravo e sua espada
Não há tempo para salvar o trono do sábio!

Sombras de um passado
Não tão distante para esquecer
A ascensão dos demônios
De seu inferno sangrento!
Então venha poderoso guerreiro
Iluminar a esperança perdida
Por Tharos o dragão
E sua cósmica alma
Agora empunhe sua espada esmeralda!

Por Ancelot
A antiga cruz de guerra
Pela sagrada cidade dos deuses
Glória, glória perpétua
Nesse alvorecer da vitória

A marcha dos mortos
E sua prática de dor
Está golpeando ele
Como um terrível tremor
Você está cada vez mais perto
Agora siga seu cheiro
Com sua sagrada armadura
E o aço em sua mão
Voe anjo da sangrenta vingança!

Por Ancelot
A antiga cruz de guerra
Pela sagrada cidade dos deuses
Glória, glória perpétua
Nesse alvorecer da vitória

Trágico e furioso o choque
Do aço dos deuses
De tão mágico o poder
A espada em suas mãos valorosas
Oceanos de fogo destroem
O trono dos demônios
E de distantes céus vermelhos
Os trovões clamam seu nome
O nome do mestre da dor

Por Ancelot
A antiga cruz de guerra
Pela sagrada cidade dos deuses
Glória, glória perpétua
Nesse alvorecer da vitória

Glória, glória perpétua
Nesse alvorecer da vitória!

Original Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir