Habilite sua assinatura e dê adeus aos anúncios

Habilitar
exibições 604.983

Frio da Madrugada

Rionegro e Solimões

Sei que você quer voltar
Quem sou eu pra recusar?
O amor supera tudo
Preciso do teu olhar

Não tenha medo da sorte
Ela não vai castigar
Quem ama sempre perdoa
Por isso vou perdoar

O frio da madrugada
Já surrou meu corpo
Nesta cidade
Quase fiquei louco
Saudade é fogo
E vai queimando aos poucos
O coração

Sozinho na madrugada
Já briguei com a sorte
Falei com meu Deus
Por que não mande a morte?
Sem esse amor
Nada mais importa
A vida perde a razão

Não tenha medo da sorte
Ela não vai castigar
Quem ama sempre perdoa
Por isso vou perdoar

O frio da madrugada
Já surrou meu corpo
Nesta cidade
Quase fiquei louco
Saudade é fogo
E vai queimando aos poucos
O coração

Sozinho na madrugada
Já briguei com a sorte
Falei com meu Deus
Por que não mande a morte?
Sem esse amor
Nada mais importa
A vida perde a razão

O frio da madrugada
Já surrou meu corpo
Nesta cidade
Quase fiquei louco
Saudade é fogo
E vai queimando aos poucos
O coração

Sozinho na madrugada
Já brinquei com a sorte
Falei com meu Deus
Por que não mande a morte?
Sem esse amor
Nada mais importa
A vida perde a razão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

O significado desta letra foi gerado automaticamente.

Legendado por Maiza e yuri. Revisões por 8 pessoas . Viu algum erro? Envie uma revisão.

Comentários

Envie dúvidas, explicações e curiosidades sobre a letra

0 / 500

Faça parte  dessa comunidade 

Tire dúvidas sobre idiomas, interaja com outros fãs de Rionegro e Solimões e vá além da letra da música.

Conheça o Letras Academy

Enviar para a central de dúvidas?

Dúvidas enviadas podem receber respostas de professores e alunos da plataforma.

Fixe este conteúdo com a aula:

0 / 500

Posts relacionados Ver mais no Blog


Opções de seleção