exibições 89
Foto do artista Rob Nunes

Vulnerável

Rob Nunes


Querer largar eu quero, eu quero ir de cara limpa
Eu até que aguento bem
Mas quando eu bebo ela já fica sabendo e vem
Mas quando eu bebo ela já fica sabendo e vem

Não quero aceitar seus beijos
Eu nem lembro que sua boca beija bem melhor que todas outras
Cê deve ter seus informantes é impressionante toda vez
Cê cai de paraquedas

E já chega puxando a cadeira, sorrindo, piscando
Aí como é que nega

Como é que fala não pra ela
Será que eu perdi a vergonha na cara
Falei que não ia mais deixar espaço pra ela entrar
Mas é que toda vez que eu bebo eu fico vulnerável
Viro alvo fácil

Como é que fala não pra ela
Será que eu perdi a vergonha na cara
Falei que não ia mais deixar espaço pra ela entrar
Mas é que toda vez que eu bebo eu fico vulnerável
Viro alvo fácil
Como é que fala não pra ela

Querer largar eu quero, eu quero ir de cara limpa
Eu até que aguento bem
Mas quando eu bebo ela já fica sabendo e vem
Mas quando eu bebo ela já fica sabendo e vem

Não quero aceitar seus beijos
Eu nem lembro que sua boca beija bem melhor que todas outras
Cê deve ter seus informantes é impressionante toda vez
Cê cai de paraquedas

E já chega puxando a cadeira, sorrindo, piscando
Aí como é que nega

Como é que fala não pra ela
Será que eu perdi a vergonha na cara
Falei que não ia mais deixar espaço pra ela entrar
Mas é que toda vez que eu bebo eu fico vulnerável
Viro alvo fácil

Como é que fala não pra ela
Será que eu perdi a vergonha na cara
Falei que não ia mais deixar espaço pra ela entrar
Mas é que toda vez que eu bebo eu fico vulnerável
Viro alvo fácil
Como é que fala não pra ela

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir