exibições 35

Homi, seu minino deixe de arrudei!
Calma macho! Calma macho!
Deixe de fazer hora e leriado
Se avexe não! Se avexe não!
De mugango e zoeira eu já tô chei
Diabeisso!, diabéisso!
Tu ta se fazendo ou ta melado
Aí mente, aí mente
Olha aí bichim, deixe de frescura
Agora pronto!, agora pronto!
Sabe que é mió tu capar o gato
Tô nem veno, tô nem veno
Teu pau da venda vai quebrar dentro
Tô nem aí, tô nem aí
E o jeito será rebolar no mato
Aí dento, aí dento

Ocês tão entendendo
O que eu estou falando
Esse é o ceares
Jeito de falar cantando

Eu tô que tô fumando numa quenga
Ah uma jaula! Ah uma jaula!
Deixe de ser jumento e vai pra lá
Perainda!, perainda!
Tu só tem fuá, tu só tem arenga
Mais mínimo! Mais mínimo!
Sabe que tu não dá nem pra começar
Arriégua!, arriégua!
Quer ser só as pregas e ninguém nota
Nem a pau! Nem a pau!
Parece que só fala miolo de pote
Cagou o pau! Cagou o pau!
Gosta de ser mostrar fazendo marmota
Coisa medonha, coisa medonha
Além de lôro a força inda é fiote
Ande tonha, ande tonha

Pense num bicho, lesado
Num cabra morto dento das calça
Num bicho sem futuro
Ninino niito mala sem alça
Pense num bicho cagado
Nasceu com a bunda virada pra Lua
Eita! Que fela da gaita
Ganhou um pitelzinho da minha rua

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Roberio Fernandes. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais no Blog