Por ela a beleza do sol
E das madrugadas
Por ela, meus sonhos de amor
E as noites amargas

Por ela, as palavras
Sabem virar poesia
Por ela vira realidade
Minha fantasia

Por ela cada despertar
Cada sentimento
As flores, a música, o mar
A chuva e o vento

A luz, o calor, o fogo
A terra e a água
Por ela a mais doce lembrança
Do corpo e da alma

Por ela o amor, a dor
A paz e o tormento
Por ela a ilusão e a sina
De viver querendo

Por ela eu olho aquela estrela
Que brilha no espaço
Por ela o nascer do dia
E a força do abraço

Por ela eu vivo sempre só
Nessa longa estrada
Por ela esse grito de amor
E essa dor calada

Por ela eu choro de alegria
E canto de saudade
Por ela o sol que vai nascer
Depois da tempestade

Por ela as contradições
E até os desvarios
Por ela cada insensatez
Cada desafio

As lagrimas caídas no rosto
Também as delícias
Ciúmes, a fúria contida
Depois as carícias

Por ela tantas sensações
A mais nos meus sentidos
Por ela tantas emoções
E um coração sofrido

Suspiros, ilusões paixão
Poemas e loucuras
De todas as frases de amor
E as palavras mais puras

Por ela, o amor, a dor
A paz e o tormento
Por ela a ilusão e a sina
De viver querendo

Por ela eu olho aquela estrela
Que brilha no espaço
Por ela o nascer do dia
E a força do abraço

Por ela eu vivo sempre só
Nessa longa estrada
Por ela esse grito de amor
E essa dor calada

Por ela eu choro de alegria
E canto de saudade
Por ela o sol que vai nascer
Depois da tempestade

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Aloísio Reis / Biafra / José Manuel Soto · Esse não é o compositor? Nos avise.
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.