Cheguei cansado do trabalho
Logo a vizinha me chamou:
Ò seu Oscar
Tá fazendo meia hora
Que a sua mulher foi embora
E um bilhete deixou

O bilhete assim dizia:
Não posso mais. eu quero é viver na orgia!
Fiz tudo para ver seu bem-estar
Até no cais do porto eu fui parar
Martirizando o meu corpo noite e dia
Mas tudo em vão: ela é da orgia. (parei!)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir