No jardim da minha infância vi crianças
Violetas, orquídeas e jasmins
A valsa do pequeno realejo
Mas ninguém tão triste assim
Vem cá menina triste, vem, vem me contar
Porque é tão triste o teu meigo olhar
Será porque não vê o paraíso
Do meu jardim, do meu jardim
O pulo da amarelinha
A roda que girava em cor
E o jardim da capelinha
Perto do coreto em flor
A rua cheia de confete e serpentina
Onde uma menina a bancar colombina sorriu para mim
O corre corre no pega que pega
Do ajuda ajuda que não teve fim
Menina se você soubesse
Quanto me entristece vê-la triste assim
Queria te dar uma rosa com você na roda deste meu jardim
pra ver o seu olhar tristonho
embalar meu sonho que é te ver sorrir
A rua cheia de confete e serpentina
Onde uma menina a bancar colombina sorriu para mim
O corre corre no pega que pega
Do ajuda ajuda que não teve fim
Menina se você soubesse
Quanto me entristece vê-la triste assim
Queria te dar uma rosa
com você na roda deste meu jardim
pra ver o seu olhar tristonho
embalar meu sonho que é te ver sorrir
pra ver o seu olhar tristonho
embalar meu sonho que é te ver sorrir

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Lulli Chiaro. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por joão. Revisão por Sávio. Viu algum erro? Envie uma revisão.

Posts relacionados

Ver mais posts