exibições 2.238

Ela disse que não vem comigo
Ela disse não
Disse que o tempo está morto
Nunca mais vai me amar

É o meu tesão, é a minha estrada
Minha alucinação
Maldita jornada sem paz
Nunca mais, Nunca mais

Ela é bruxa e tem um punhal
Pegou a minha mão
Diz que quer meu sangue
Numa poção
Um fogo preto no meu esqueleto
Gelou meu coração
Tomou a minha alma
Numa poção

Um mistério com rosto de anjo
Que linda essa mulher
Disse que o tempo está morto
Nunca mais, vai me amar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Antonio Augusto Fagundes Filho. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais no Blog