exibições 140.960

Se alguém tentar te humilhar porque és crente e crê em Deus
Não dê ouvidos, ouvidos
Diga apenas que a tormenta vai passar porque
Deus é contigo, contigo
Não se deixe ser levado pela voz do opressor
Ele só sabe acusar
Não se renda porque ele já perdeu
Agora é a sua vez de humilhar

Não te lembras que ele foi até a Deus dizer que Jó blasfemaria contra seu Senhor
Se o Senhor deixasse ele consumir todos os seus bens, Jó não aguentaria
Mas o homem que é fiel no seu propósito e teme a Deus
Não se corrompe não, não, não
Mesmo em meio a tempestade, Jó se levantou das cinzas
E adorou ao Senhor

Jó lançou-se sobre a terra e adorou
E falou pra todo inferno escutar
Nu sai do ventre da minha mãe
E é nu que voltarei para lá
Tudo o que eu tinha era de Deus
Deus me deu e ele mesmo tomou
Cai por terra o inimigo de Deus
E louvado seja o nome do Senhor

Deus deixou que o inimigo roubasse os bens do seu ungido
Deixou que o inimigo matasse os seus filhos queridos
Deixou ferir com chagas, porém Jó não deu ouvidos
E a sua mulher gritou bem alto: Amaldiçoa esse Deus e morre

Como falas uma louca mulher
Tu falaste agora contra Jeová
Aceitaste o bem de Deus com prazer
E o mal não queres tu aceitar
Tudo o que eu tinha era de Deus
Deus me deu e ele mesmo tomou
Cai por terra o inimigo de Deus
E louvado seja o nome do Senhor
Do Senhor

Bendito é o Senhor

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir