exibições 5.041

Quem Quer

Sacal


(refrão)

(quem quer?)
Pegar busão lotado todo dia (quem quer?)
Viver andando a pé pra todo lado (quem quer?)
"eu num quero não, pra mim ta massa"
Agora me dê dinheiro que a gente arregaça
(quem quer?)
Pegar busão lotado todo dia (quem quer?)
Viver andando a pé pra todo lado (quem quer?)
"eu num quero não, pra mim ta massa"
Eu quero é muito dinheiro e muito amigo na praça

Fica dificil o caba se dar de bem numa balada
Feio pacarai e sem nenhuma roupa irada
Bafo de cachaça e ainda com cheiro de baga
Sempre na roubada quando é pra voltar pra casa

Mas do outro lado da moeda é diferente
Aquela velha história que engana muita gente
O bonitão por fora que por dentro é decadente
Todo chêi de marra, mas num passa de um demente

(refrão)
(quem quer?)
Pegar busão lotado todo dia (quem quer?)
Viver andando a pé pra todo lado (quem quer?)
"eu num quero não, pra mim ta massa"
Agora me dê dinheiro que a gente arregaça
(quem quer?)
Pegar busão lotado todo dia (quem quer?)
Viver andando a pé pra todo lado (quem quer?)
"eu num quero não, pra mim ta massa"
Eu quero é muito dinheiro e muito amigo na praça

O caba ta quebrado é uma agonia da bixiga
Por causa de 1 real o caba arruma até briga
O caba ta baludo é tudo lindo é tudo bom
Paga com a de 100 e deixa troco com o garçon

O caba sem dinheiro vai querer se divertir
Vai pra show de graça e vai pro show da kelly key
Maluco estribado é só boate badala
Gasta mais de 1000? puta mera! (pega nada)

(refrão)
(quem quer?)
Pegar busão lotado todo dia (quem quer?)
Viver andando a pé pra todo lado (quem quer?)
"eu num quero não, pra mim ta massa"
Agora me dê dinheiro que a gente arregaça
(quem quer?)
Pegar busão lotado todo dia (quem quer?)
Viver andando a pé pra todo lado (quem quer?)
"eu num quero não, pra mim ta massa"
Eu quero é muito dinheiro e muito amigo na praça

Os caba aqui das área toma cana com preá
Se for politico é só champanhe com caviar
Por isso que eu fico puto e quero te perguntar
Onde que essa porra toda vai acabar? (eu sei)
Dentro de um abrigo anti-nuclear
Muito suprimento pra poder se alimentar
Eu com muita sorte não vou viver até lá
Mas enquanto num acontece eu continuo a embolar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir