É tão difícil andar sozinho neste planeta condenado
Tanta festa, tanto vinho, tanto sangue derramado
Sentado, eu vejo o meu caminho em preto-e-branco, desbotado
Impresso em prece, com carinho, por mais um sonho conquistado

Então me vejo isolado e sem ouvidos para me escutar
Prisioneiro de lisérgicas viagens a procura de um sonho que me faça amar.

Procuro alguém que compreenda a indecisão que estou sofrendo
Encontro muitos nesta senda, muitos nascendo, outros morrendo
Não há quem nunca se arrependa, mas só quem luta está vencendo
Por isso eu sigo a sua lenda e só quem sabe está aprendendo

Que Jesus é o melhor amigo, nunca te abandona e não te faz sofrer
Mensageiro da felicidade, Rei da liberdade, só pensa em você.

Como Irmão...

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir