Foto do artista Samba do Rei

De Bar Em Bar, Didi Um Poeta

Samba do Rei


Hoje eu vou tomar um porre,
Não me socorre que eu tô feliz
Nessa eu vou de bar em bar
Beber a vida que eu sempre quis
E no bar da ilusão eu chego,
É pura paixão que eu bebo
Amor me deseja, me dá um chamego,
Me beija e faz um cafuné
Bebo vem e bebo vai que nem maré,
Balança mas não cai, boêmio é
Bebo vem e bebo vai que nem maré,
Balança mas não cai, boêmio é
Garçom, garçom,
Bota uma cerva bem gelada aqui na mesa
Que bom, que bom,
Minha alegria deu um porre na tristeza
Poeta enredo da canção,
Cartilha que eu aprendi
Canta a ilha a emoção,
Saudade de você, didi
Amor, amor, eu vou,
É nessa aqui que eu vou
O sol vai renascer do meu astral
Amor, amor, eu vou, ô esquindô, esquindô
Num gole eu faço um carnaval

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir