exibições 21.397
Foto do artista Scalene

Cartão Postal

Scalene


Em algum momento vi
De cima, olhando, só
Mais do que rios, li
Padrões do que virei

Fui e voltei de mim
Com cicatrizes sim
Mas com bagagem
Que não tem preço

Ao enxergar só bem
E me assustar com o mal
Eu me envelopei
Virei cartão postal

Pra alguns, ponto de luz
Pra outros irreal
Alma de sonhador
No mundo digital

Vou até onde eu aguentar
Vou até quando me derrubar
E levanto
Leve ando

Tive que ser ator
Fingir estar ali
De corpo e alma
Não pertencia

E se for pra jogar
O jogo ele mudar
De dentro eu mudo
Não fico mudo

Vou até onde eu aguentar
Vou até quando me derrubar
E levanto
Leve ando

Vou até onde eu aguentar
Vou até onde eu aguentar
Vou até onde eu aguentar
(Eu vou, eu vou, eu vou vou)

Vou até onde eu aguentar
(Eu vou, eu vou, eu vou vou)
Vou até onde eu aguentar
(Eu vou, eu vou, eu vou vou)

Vou até onde eu aguentar
(Eu vou, eu vou, eu vou vou)
(Eu vou, eu vou, eu vou vou)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir