Cada manhã eu recomeço a minha vida
Abro a janela
E um pardal me faz sorrir feliz
Olha prá mim... É tão livre...
É como se eu pudesse voar
Me convida num vôo tranquilo subindo ao céu
Lá do telhado todo contente me observa
E num gorjeio me pergunta
Se eu não vou voar
"Ah! Meu pardal!
Não tenho asas como você.
Nosso ponto em comum
É o Deus que nos faz viver."

Vida! Pássaro vida!
Faz teu vôo como o faz o pardal
Que voa sereno e feliz
Ao encontro do céu
Voa! Vai mais alto!
Onde um pardal jamais vai chegar
Além das nuvens e das estrelas
Voa pra Deus!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog