Este homem, pobre homem
Que a cada passo traía a mulher
Este tolo, pobre tolo
Que nunca sabe o que quer
Deixa um amor tão sincero
Por uma aventura
Esquece seu lar
Faz da mulher empregada
Este pobre coitado
Não devia casar

Igual ao morcego nas trevas
Que vive fugindo da luz
Igual a um palhaço de circo
Que no picadeiro mal se conduz
Amigo como estás errado
Volte pra casa onde é teu lugar
Pois a mulher que te ama
É aquela que vive em teu lar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Getúlio Macedo / Nilda Lima. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais posts