Perdido no park gorky
Eu fujo do nada
O vento me segue
E eu sou o ar
Em dias chuvosos
As noites são tristes
O passado reflete
Em um pingo de chuva
Palavras não expressam o fim
Apenas ditam o começo
Em dias chuvosos
Eu sou como vento,
Arrasto o mundo e as pessoas
Mas o fim está próximo
E eu sei disto
Mas só ouço ar
Da casa desmoronando
E do palacio tombando.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir