Loucura me persegue
Quer que eu me entregue
Sem pulso, afogado
Nas próprias fezes
Implorando me cegue
Implorando me enterre
Eu não vou aguentar
Que minha mente me negue

Quando eu falei ninguém nunca me escutou
Quando precisei ninguém nunca me ajudou
Como posso ir pro inferno se eu já estou
Então eu me lembro o quanto perturbado sou

Ahh eu não quero descansar
Ainda não
Tentativas frustradas de me redimir
Já não ligo mais para o que pensam de mim
Isso esta longe de viver
Eu só quero me esconder
Eu me rendo e entendo o porque to fazendo
Descendo, me prendo a ignorância
Eu não tenho mais esperança

Morte, porque
Esta brincando comigo
Meu destino é fodido
Estou vivo? Eu duvido!
Eu vivo escondido
O homem é inimigo
Aqui não é bem vindo
Saiba como eu sinto
Grita, grita filha da puta, grita
Sua espécie morrendo, me excita
Dividida de sangue invalida
Sou inimigo da vida
Sangue pra mim é bebida
Procuro pela morte mais ela me evita

Começando a passar mal
Pesadelo se torna real
Um copo de whisky, um comprimido
Me tira do mundo infernal
Ttf cadê você?
Se escondeu em minha mente
Só agora que fui perceber
O reflexo do espelho me mostra outro ser
A linha do amor e do ódio é fina
Como uma carreira de cocaína
Que eu já cheirei
Não tem vacina
Olha minha fisionomia
O ódio me contamina
A solidão minha companhia

Acompanha minha hipocrisia
Olhe pro lado e sorria
Você ta sendo filmado
Eu me sinto vigiando
To cercado por muitos
E amados por ninguém
Eu fui pro lado
Eu me isolei

Meu lado reprimido
Finalmente se vingo
É hora de aceita
Meu instinto pútrido

Minha mente envelhece
Em meio ao estresse
Meu corpo putrifando
Não me entristece
Eu fico violento
Minha mente enputece
Eu fico em tormento minha mente falece

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog