Vitoria, vitoria, na cruz
Três cruzes foram levantadas no monte chamado Caveira
Um inocente foi condenado, sem nenhuma compaixão
Uma coroa de espinhos, em sua fronte foi colocado
Pés e mãos foram cravados na cruz

Quanta agonia, Jesus ali passou
Por você e por mim, tudo suportou
Com seu rosto desfigurado, como um Cordeiro sofreu calado
Tudo por amor

Eram três horas da tarde, quando Jesus expirou (expirou, expirou)
O Sol escureceu, o véu do templo se rasgou
A Terra tremeu, a natureza chorou
E Jesus seu espírito ao Pai entregou

Declamação
Foi na cruz, que em sacrifício vivo Jesus sua vida deu
Pra nos salvar, seu sangue na cruz verteu
Após Jesus ter expirado, o seu corpo da cruz foi retirado
Numa sepultura nova, meu Mestre foi sepultado
Mas ao terceiro dia algo tremendo aconteceu: Sim! Aconteceu
O túmulo se abriu, o túmulo se abriu
E Jesus, Jesus, Jesus, Jesus, Jesus
Ele reviveu, Aleluia
Jesus reviveu, Jesus reviveu
Ao terceiro dia a morte ele venceu
Jesus reviveu, Jesus reviveu
Pra nossa vitória a morte Ele venceu

Jesus reviveu, Jesus reviveu
Pra nossa vitória a morte Ele venceu
Jesus reviveu, Jesus reviveu
Pra nossa vitória a morte Ele venceu
A morte venceu

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts