Dignidade é um sentimento inexistente
No coração dessa gente que não sabe o seu poder
O problema é a pobreza que invade a cidade
Que não para, que não para de crescer
Passando fome não espere que o homem
Tenha capacidade de refletir e opinar
Ficando muito mais fácil pra quem domina,
Já que o povo se escraviza pra poder se alimentar

Dignidade já não faz mais parte do vocabulário
Dessa língua que se chama português
Há muito tempo esquecida no Brasil,
Essa palavra significa luta contra o poder
Passando fome não espere que o homem
Tenha capacidade de resistir e enfrentar
Ficando muito mais fácil pra quem domina,
Já que o povo analfabeto não tem como protestar

Eeeh, dignidade, foi se embora pra onde?
Ninguém sabe onde se esconde.
Eeeh, dignidade, foi se embora pra onde?
Ninguém sabe onde se esconde.

Dignidade é um sentimento inexistente no coração
Dessa gente que não sabe o seu poder
O problema é a pobreza que invade a cidade
Que não para, que não para de crescer
Passando fome não espere que o homem
Tenha capacidade de refletir e opinar
Ficando muito mais fácil pra quem domina,
Já que o povo se escraviza pra poder se alimentar
Passando fome não espere que o homem
Tenha capacidade de resistir e enfrentar
Ficando muito mais fácil pra quem domina,
Já que o povo analfabeto não tem como protestar

Eeeh, dignidade, foi se embora pra onde?
Ninguém sabe onde se esconde.
Eeeh, dignidade, foi se embora pra onde?
Ninguém sabe onde se esconde.

Eeeh, dignidade, foi se embora pra onde?
Ninguém sabe onde se esconde.
Eeeh, dignidade, foi se embora pra onde?
Ninguém sabe onde se esconde.

Eeeh, dignidade, foi se embora pra onde?
Ninguém sabe onde se esconde.
Eeeh, dignidade, foi se embora pra onde?
Ninguém sabe onde se esconde.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir