Procurando alguém que não acenda a discussão
Sobre minha indigestão mental
Meu colapso cerebral
Teorizar minha dor não vai buscar o meu amor
Não quero respostas ou conselhos
De um pentelho que pensa ser Freud

Por dentro eu posso chorar
Me pergunto:

Quem dessa vez vem me ajudar?
Eu sei que não vou encontrar saída nenhum no bar pra mim
Apenas quero sorrir assim
Sem ter de lembrar do quanto vou chorar depois

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir