exibições 279

Esse lugar só lembra o quanto o tempo passou
Quando meu olhar ainda era novidade
Tua esquisitice me distraiu e despertou
Mas eu fui longe descobrir minha identidade

Não consigo ver o mundo com a mesma luz
Somos retratos de um momento
Continuamos nos batendo
Neste inferno que nos vendem como céu
A certeza é a medida do que sinto
Perdemos muito pelo caminho
Mas não estamos sozinhos

Esse lugar só lembra o quanto o tempo passou
Quando meu olhar ainda era novidade
Tua esquisitice me distraiu e despertou
Mas eu fui longe descobrir minha identidade

Não consigo ver o mundo com a mesma luz
Somos retratos de um momento
Continuamos nos batendo
Neste inferno que nos vendem como céu
A certeza é a medida do que sinto
Perdemos muito pelo caminho
Mas não lutamos sozinhos

Na casa da inocência dos desiludidos
A casa da inocência dos desenganados
Na casa da inocência dos desiludidos
A casa da inocência dos desenganados

Esse lugar só lembra o quanto o tempo passou
Quando meu olhar ainda era novidade

Não consigo ver o mundo com a mesma luz
Somos retratos de um momento
Continuamos nos batendo
Neste inferno que nos vendem como céu
A certeza é a medida do que sinto
Perdemos muito pelo caminho
Mas não estamos sozinhos

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog