De um livro que nem li, aqueles versos copiei
E de tudo que eu vi, daquilo que não sei
São todas frases prontas
São teus meus pensamentos sonsos
Você entra, faz de conta e de início tudo se desmonta e fim

Tudo acaba no beijo
Que eu senti tanto por não te dar
Sou sim, um zigue-zague desejo
Sedento de vontade de ser par da vaidade que inventei

Na lógica dos mares
Do céu a explicação para os pares
Distante é adiante pra quem tem coração grande feito o meu
Sei tudo o que mereço
E quando encontro já me esqueço
Eu já fui tanta gente pra que agora fosse eu mesmo no fim

Tudo acaba no beijo
Que eu senti tanto por não te dar
Sou sim, um zigue-zague desejo
Sedento de vontade de ser par da vaidade que inventei

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir