Oito horas faz agora, da partida
De repente eu sou metade do meu eu
E uma imagem na janela do avião
Traz você na espuma de vapor

Nave, nuvem, ar...
Ave, névoa, mar...
Teus cabelos no algodão

Já me faltam teus brinquedos e surpresas
Teu sorrir de sol e teu amor de mel
E um desenho molha frio em minha mão
Traz você nas gotas de suor

Água, carne, luz...
Palma, pele, cruz...
Ansiedade e solidão

Já descendo eu sinto o abismo em que meu corpo
Cai roubando de você o que eu te dei
Sinto o peito me apertar
Vejo tudo se embaçar
Que clausura, que prisão
Que loucura te deixar
Quase ri de tanto errar
Quase vi você passar
Quase ouvi você chamar

Acordei pra voltar
E amar, que eu não te amei...

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir